Uma questão bem polêmica do mundo das academias é o dia do lixo, ou refeição lixo.

A maioria esmagadora dos treinadores e atletas defendem a REFEIÇÃO do lixo, e não o dia todo lixando, mas, hoje vou ensinar à vocês como fazer um “dia do lixo” (o dia todo) sem NENHUMA alteração no resultado da dieta.

Essa técnica não pode nem ser considerada “lixo”, pois, fazendo ela, você NÃO SAI DA DIETA. Enfim, ela consiste, basicamente, em três patamares:

1) Trocar os carboidratos de IG baixo por alguns de IG alto: por exemplo arroz integral-> arroz branco / batata doce-> batata inglesa. Os alimentos de IG alto aumentam a saciedade, além de, geralmente, serem mais gostosos e, em 90% dos casos não alteram o resultado final dos macronutrientes.

2) Trocar o frango por carnes (magras) e de preferência de boi: por exemplo, frango-> patinho/ peixe-> alcatra. As carnes de boi tem muito mais creatina que as brancas, isso vai dar um “pump” a mais no seu treino, e vai tirar aquele gosto do frango que enjoa da sua mente, além da galera preferir, geralmente, as carnes bovinas.

3) Trocar suas refeições líquidas por sólidas: por exemplo: whey-> carne. Isso vai te dar mais saciedade, pois a digestão de alimentos sólidos é bem mais demorada que a de líquidos.

Sempre faça essas substituições com a tabela de macronutrientes! Exemplo: 100 gramas de whey NÃO SÃO 10 GRAMAS DE CARNE! Cuidado.

Link da tabela de substituição: http://goo.gl/xptLwZ

Além de tudo isso, se você tiver uma comida especial que goste muito, use a tabela de equivalência para substituir por algo da dieta. Infelizmente, pra quem curte um docinho, o açúcar não pode ser substituído.

O psicológico é um dos principais fatores de um cutting bem sucedido, não exploda seus pensamentos com uma dieta “batata doce e frango” todo o tempo, porque isso não faz bem, e vai te levar a falhar na dieta alguma hora.

[Bigos]
(Todos os textos da OSM são ORIGINAIS)

Link do post no Facebook: http://goo.gl/Gby2WZ

Facebooktwitteryoutubeinstagram

COMENTE AQUI