Bom, a questão da balança pra pesar os alimentos foi tranquilo… até eu fazer escala no Panamá.

Chegando no Panamá, tive a bela surpresa de uma fiscal abrir minha mala de mão e me questionar em espanhol (não falo espanhol) me olhando SUPER PUTA sobre a minha balança. Provavelmente, ela pensou que era para pesar droga ou algo assim, mas enfim, expliquei em inglês e ficou tudo bem.

Quando cheguei no hotel, outra coisa: não tinha nem microondas no quarto. Ok. Como faria minhas refeições? A resposta foi simples: enlatados.

No Walmart de Orlando (ou em outros) existem peitos de frango enlatados (bem gostosinho por sinal). O sódio é bem alto, mas é só dar uma lavada nele que fica tudo bem. Como estou em final de cutting, meus carbos estão bem baixos, então comprei pães integrais, as gorduras foram amendoins.

Consegui me virar bem. Às vezes como em restaurantes (pedindo comidas como purê de batatas e carne magra). É muito difícil tudo aqui, a galera dos EUA curte MUITO açúcar e porções MUITO grandes, mas isso não é desculpa!

 

[Bigos]
(Todos os textos da OSM são originais)

Post no Facebook

Facebooktwitteryoutubeinstagram

COMENTE AQUI